fbpx

Mestre Barrão “Axé Capoeira Vol.1”

Mestre Barrão – Paraná Tradição

Lyrics

Paraná ê, Paraná ê, Paraná
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Quando eu era criança
Que jogava capoeira
Os mais velhos assim diziam
Esse menino não é brincadeira
Olha o rabo de arraia, martelo cruzado
Meia lua e o tombo da ladeira
Capoeira antigamente, colega velho
Tinha muita tradição
Olha os mestres faziam cantiga
Do fundo do coração
Capoeira hoje em dia
Não sei onde vai parar
Mais me lembro de uma cantiga
Que ouvia meu mestre cantar
Ele dizia:
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Quem viaja neste mundo, Paraná
Sempre fica preocupado
A minha preocupação, Paraná
É ve-la em outros braços
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Vou tocar São Bento Grande, Paraná
Toco Angola, Cavalaria
Se não foce essa nega, Paraná
Eu aqui não estaria
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Paraná cordão de ouro, Paraná
Chuva fina não me molha
Se essa nega não me quer, Paraná
Outra quer e ela chora
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
Vou jogando a capoeira, Paraná
Jogo com o pé, jogo com a mão
Na roda da capoeira, Paraná
Pois meu nome é Barrão
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná
(coro)Paraná ê, Paraná ê, Paraná

Mestre Barrão – Pedir Licença Pra Ver Zumbi

Lyrics

Quando eu aqui cheguei
O berimbau eu vi
Deu uma alegria imensa
La La Uê, La Uê
La La Uê, La Uê
Chamei por Ganga Zumba
E meu Mestre Zumbi
Para Pedir licença
La La Uê, La Uê
La La Uê, La Uê
Ouvi o som do mar
Toquei meu berimbau
Cantei uma ladainha
Camará ê
No toque de Angola eu vou jogar
A Deus do céu vou agradecer
Com a graça de Deus eu cheguei aqui
Eu vou pedir licença pra ver Zumbi
Por onde for quero te ver jogar
La La Uê, La Uê La
Me leva eu vou
La La Uê, La Uê La
(coro) Me leva eu vou
La La Uê La Uê La
(coro) Me leva eu vou
Por onde for, quero te ver jogar

Mestre Barrão – Mestre Pastinha Morreu

Lyrics

Mestre Pastinha morreu
Ainda tinha esperança
Hoje em dia a capoeira
Já está virando dança
Capoeira era forte
Só o negro que sabia
Quando o patrão atacava
O negro se defendia
(coro)Mestre Pastinha morreu
Ainda tinha esperança
Hoje em dia a capoeira
Já está virando dança
No tempo da escravidão
O negro se defendia
Com golpe de Capoeira
O negro matava ou morria
(coro)Mestre Pastinha morreu
Ainda tinha esperança
Hoje em dia a capoeira
Já está virando dança
Capoeira evolução
Capoeira camarada
Um balé sem criação
A capoeira vai virar
(coro)Mestre Pastinha morreu
Ainda tinha esperança
Hoje em dia a capoeira
Já está virando dança
Abra meu caminhos
Oi areia
Eu quero passar
(coro)Oi areia
Sou pequenininho
(coro)Oi areia
Filho de Iemanjá
(coro)Oi areia
Oi areia
Oi areia eh
(coro)Oi areia
Oi tem areia
No fundo mar
Tem areia
(coro)Oi tem areia
No fundo mar
Tem areia

Mestre Barrão – Meu Mestre Foi Quem Me Ensinou

Lyrics

Eu aprendi capoeira
Meu Mestre foi que me ensinou
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Não foi na acdemia
Aprendi foi no fundo de quintal
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Eu aprendi capoeira
Não foi Karatê, nem também Tae-Kwon-Dô
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Eu aprendi capoeira
Capoeira camará
Tem capoeira que se chama mestre
Que nem berimbau ele sabe tocar
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Para ser bom capoeira
Tem que usar a imaginação
Gingar e soltar a mandinga
Descer que nem cobra rolando no chão
Se ficar de punho fechado
Moleque isso só dá confusão
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Quando eu tinha seis anos
De capoeira eu ouvia falar
Então comecei a capoeira
Com Mestre Dedé e Mestre Pirajá
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou
Eu aprendi capoeira
(coro)Meu Mestre foi que me ensinou

Mestre Barrão – Maculelê Pouporri

Lyrics

Tê Tê Tê Olha Tê Tê A Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
(coro) Tê Tê Tê Olha Tê Tê A
Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
Mauá Mauá Vouducelê Mauá
Mauá Mauá Vouducelê Mauá
Ogum Bé Bere Um Ogum Bé
Falacubara Bereum Bé Miroli
Ogum Bé Bere Um Ogum Bé
Falacubara Bereum Bé Miroli
Tê Tê Tê Olha Tê Tê A Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
(coro) Tê Tê Tê Olha Tê Tê A
Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
Sou eu, sou eu
Sou eu Maculelê, sou eu
Sou eu, sou eu
Sou eu Maculelê, sou eu
Tê Tê Tê Olha Tê Tê A Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
(coro) Tê Tê Tê Olha Tê Tê A
Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
Caboclo louco da pele morena
Ele é Oxoce caçador lá da Jurema
Tê Tê Tê Olha Tê Tê A Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
(coro) Tê Tê Tê Olha Tê Tê A
Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
Oi mina hora ê, oi mina hora á
Oi mina hora ê, sou de Angola á
Tê Tê Tê Olha Tê Tê A Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
(coro) Tê Tê Tê Olha Tê Tê A
Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
Oi acenda vela pra Ogum
Ele Ogum Babalaô
Cuide bem de Iemanjá
E na mata de Xangô
Tê Tê Tê Olha Tê Tê A Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
(coro) Tê Tê Tê Olha Tê Tê A
Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
Guerreiro ê, guerreiro ê
Sou filho de Ganga Zumba
Me chamo Maculelê
Tê Tê Tê Olha Tê Tê A Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
(coro) Tê Tê Tê Olha Tê Tê A
Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
Maculelê de onde é que vem
(coro) Eu vim de Angola ê
Sarará de onde é que vem
(coro) Eu vim de Angola ê
Tê Tê Tê Olha Tê Tê A Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria
(coro) Tê Tê Tê Olha Tê Tê A
Tê Tê Tê Bom Jesus de Maria

Mestre Barrão – Luta Nacional

Lyrics

Capoeira nasceu no Brasil
Pro negro escravo se defender
Capoeira nasceu no Brasil
Pro negro escravo se defender
Olha o negro espalhou no Brasil
Um grande esporte pra você ver
Olha o negro espalhou no Brasil
Um grande esporte pra você ver
Uma luta nacional
Surgiu de baixo do Patrão
Uma luta nacional
Surgiu de baixo do Patrão
Era luta de Presidiário
Hoje é esporte de Patrão
Era luta de Presidiário
Hoje é esporte de Patrão
La La LA Uê, La La La Uê, La La La Uê
Capoeira, La La La Uê
(coro)La La LA Uê, La La La Uê, La La La Uê
Capoeira, La La La Uê
La La LA Uê, La La La Uê, La La La Uê
Capoeira, La La La Uê
(coro)La La LA Uê, La La La Uê, La La La Uê
Capoeira, La La La Uê

Mestre Barrão – Toque De Amazonas

Mestre Barrão – Ai Ai Ai Dê

Lyrics

Ai Ai Ai Dê
Ai Ai Ai Dê
Taco de arame, Cabaça barriga
Não mexa comigo, você vai ter intriga
Toque bonito o toque do berimbau
Não mexa comigo, você vai se dar mal
Dou cabeçada, meia lua, rasteira
E se entrar eu dou de berimbau
Capoeira que é bom, não vai embora
Capoeira que é bom, não foge do pau
Ai Ai Ai Dê
Ai Ai Ai Dê
Capoeira me chama
Eu vou
Mas a roda me chama
(coro) Eu vou
Eh, mas meu Mestre me chama
(coro) Eu vou
Berimbau tambem chama
(coro) Eu vou

Mestre Barrão – A Lição

Lyrics

Eu li a respeito,
Aprendi a lição
As mulheres chorando,
E os homens no chão
As crianças gemendo,
E o feitor com a chibata na mão
As mulheres chorando,
E os homens no chão
As crianças gemendo,
E o feitor com a chibata na mão
O filho do negro era escravo
O do coronel tinha liberdade
Pra estudar na capital
E o negro
No arraial
Onde o lápis do negro era foice
E o caderno
Canavial
Vem vamos embora
Que esperar não é saber
Quem saber faz a hora
Não espera acontecer
(coro) Vem vamos embora
Que esperar não é saber
Quem saber faz a hora
Não espera acontecer
La La La Uê, La La La Uê
(coro) La La La Uê, La La La Uê

Mestre Barrão – Quando Eu Nasci

Lyrics

Quando eu nasci
Minha mãe me perguntou
Se eu vou ser Capoeira
Ou na vida vou ser Doutor
(coro) Quando eu nasci
Minha mãe me perguntou
Se eu vou ser Capoeira
Ou na vida vou ser Doutor
Todos dois anda de branco
Na profissão diferente
O Doutor só salva vida
E o Capoeira só mata valente
Quando eu nasci
Minha mãe me perguntou
Se eu vou ser Capoeira
Ou na vida vou ser Doutor
(coro) Quando eu nasci
Minha mãe me perguntou
Se eu vou ser Capoeira
Ou na vida vou ser Doutor
Quando eu estava na barriga
Da minha mãezinha
Três gemidos que eu dava
Ela já sabia tudo que eu queria
Quando eu nasci
Minha mãe me perguntou
Se eu vou ser Capoeira
Ou na vida vou ser Doutor
(coro) Quando eu nasci
Minha mãe me perguntou
Se eu vou ser Capoeira
Ou na vida vou ser Doutor
Quando eu tinha 15 anos
Veja só o que me aconteceu
Apanhei muito na rua
E hoje na rua quem bate sou eu
Quando eu nasci
Minha mãe me perguntou
Se eu vou ser Capoeira
Ou na vida vou ser Doutor
(coro) Quando eu nasci
Minha mãe me perguntou
Se eu vou ser Capoeira
Ou na vida vou ser Doutor

Mestre Barrão – Samba De Roda

Mestre Barrão – Colheita Do Café

Lyrics

O Sinhá, o Sinhá quebrei meu pé
Correndo da chibatada, da colheita do café
(coro) O Sinhá, o Sinhá quebrei meu pé
Correndo da chibatada, da colheita do café
Pele negra em carne crua
Patrãozinho me bateu
Maltratei cavalo dele
E o Patrão se aborreceu
Mandou até o feitor
De corrente me bater
Eu careço de ajuda
Peço ajuda a vosmecê
Se vosmicê não me ajudar
Então fala pra João
Que eu vou morrer no tronco
Esperando a abolição
(coro) O Sinhá, o Sinhá quebrei meu pé
Correndo da chibatada, da colheita do café
O Sinhá, o Sinhá quebrei meu pé
Correndo da chibatada, da colheita do café

Mestre Barrão – Navio Negreiro

Lyrics

Foge para o mato
Que o navio já vem ai
Me desata da corrente
Que eu também quero fugir
Navio Negreiro!
Navio Negreiro teve que acabar
Tira o negro da corrente
Que o negro quer lutar
Navio Negreiro!
(coro) Navio Negreiro teve que acabar
Tira o negro da corrente
Que o negro quer lutar
De lembrar Navio Negreiro
Dá vontade de chorar
Quantos negros na corrente
Morreu sem poder lutar
Navio Negreiro!
(coro) Navio Negreiro teve que acabar
Tira o negro da corrente
Que o negro quer lutar
Se fugisse para o mato
Capitão ia buscar
Com mandinga e Capoeira
Não conceguia pegar
Navio Negreiro!
(coro) Navio Negreiro teve que acabar
Tira o negro da corrente
Que o negro quer lutar
Hoje não tem mais corrente
Nem chicote, nem navio
Tem bastante Capoeira
Liberdade aqui surgiu
Navio Negreiro!
(coro) Navio Negreiro teve que acabar
Tira o negro da corrente
Que o negro quer lutar

Mestre Barrão “Axé Capoeira Vol.2”

1. E Legal / Capoeira E Fundamento

Lyrics

E legal e legal jogar capoeira e tokar berimbau (bis)

A capoeira ela e luta e brincadeira

Nao importa se e ligeira se angola ou regional

A capoeira tem madinga tem rasteira voce planta bananeira voce  ginga e da mortal

E legal e legal jogar capoeira e tokar berimbau (bis)

A capoeira essa luta brasileira de malicia e brincadeira

Pois eu nunca vi igual na capoeira

Voce joga bate palma voce canta ladainha

Ainda toca berimbau

E legal e legal jogar capoeira e tokar berimbau

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao

Meu mestre sempre me disse o barrao

Nunca sa deixe pra traz

Nem tudo que reluz e ouro nem tudo que balanca cai

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao

Vou cantar uma ladainha vou tocar meu berimbau

Vou jogar a capoira angola e regional

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao

Jucaturucu preto velho

Meu avo ensinou pere o meu pai

E meu pai ja me ensinou

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao

Vou dizer meu camarada vou dizer como e que e

Olha eu sou um capoeira olha eu sou do grupo axe

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao.

2. PRETO VELHO

Lyrics

Que som esse menino vem do lado de la (bis)

E um preto velho que vive no mundo a tocar (bis)

Ele toca inetrumento menino um instrumento legal

O nome desse instrumento menino se chama berimbau

E uma arame a cabaca  e um predaco de pau (bis)

Eu vi menino e menino vi dessa maneira (bis)

O velho tocava e os moleques jogavam capoeira (bis)

Vamos la menino e menino sei que fundamental (bis)

Os brasileiros jogar capoeira e tocar berimbau (bis)

Le Le Le Le Le Le Le Le Le Le Le Le a (bis)

3. CAPOEIRA E TRADICAO

Lyrics

Capoeira nao sai do pensamento

Capoeira nao sai do coracao

Capoeira e fundamento capoeira e tradicao

Capoeira o le le Capoeira o la la

La no ceu tem tres estrelas todas

Tres de carrerinha uma e bimba outra e bisouro

Colega a velho outra e mestre  pastinha

Capoeira o le le Capoeira o la la (bis)

Voce diz que preto feio mais preto e uma linda cor

Com preto voca escreve colega velho

Uma carta pra seu amor

Capoeira o le le Capoeira o la la (bis)

Menina nao vem comigo que teu pai nao vai gostar

Teu pai nao quer que eu jogue

Eu nao deixo de jogar

Capoeira o le le Capoeira o la la (bis)

Mas o macaco na janela o leao passou a mao

Menina linda nao me prenda dentro do seu coracao

Capoeira o le le Capoeira o la la (bis)

Eu nasci la em recife pois recife e meu lugar

E depois muilto tempo colega velho vim ensinar no Canada

Capoeira o le le Capoeira o la la (bis)

5. RITMO DE CAPOEIRA

Lyrics

Eu levei uma carreira essa foi pequenininha

Com uma cesta de ovo setessentas galinhas

Mas o trem corri e por cima da linha (bis)

Emburane emburana embiga da batida jatoba (bis)

Embiga da batida so no umbigo

Homem com homem mulher com migo

Embiga da batida so no umbigo

Homem com homem mulher com migo

Samba no mar samba no mar marinheiro (bis)

Samba no mar marinheiro samba no mar estrangeiro

Samba no mar samba no mar marinheiro

O vento que faz chue que faz o coqueiro balancar que mexe com a minha morena fazendo a saia levanter

6. CAPOEIRA POPORRI

Lyrics

Joga com o menino que ele e bom e bom de mais

Joga com o menino que ele tomba mais nao cai

Joga com o menino que ele e bom e bom de mais

Joga com o menino que ele joga mais nao cai

Vou mandar eu vou cajue

Vou mandar boia cajue o menina linda cajue

Venha me buscar cajue eu vou cajue boia

Mandar eu vou cajue mandar boia

O menina linda venha me buscar cajue

O ceu trovejou a terra tremeu pra vencer capoeira

So deus so deus

O ceu trovejou a terra tremeu pra vencer capoeira

So deus so deus

Sabia cantou la na laranjeira

Vamos pro morro menino

Por que la no morro hoje tem capoeira

Sabia cantou la na laranjeira

Vamos pro morro menino

Por que la no morro hoje tem capoeira

TinTinTin la vai viola

Siguro moleque tem corpo de mola

TinTinTin la vai viola

Viola meu bem viola

TinTinTin la vai viola

Essa preta e bonita essa preta de angola

TinTinTin la vai viola

Essa roda e gostosa essa roda demora

TinTinTin la vai viola

O la la O le le meu avo me chamava vem ca meu metinho aprender capoeira pre se

defender

O la la O le le meu avo me chamava vem ca meu metinho aprender capoeira pre se

Defender O la la O le le

Por favor nao maltrate esse nego

Esse nego foi quem me ensinou

Esse nego de calca rasgada camisa

Furada ele e meu professor

Por favor nao maltrate esse nego

Esse nego foi quem me ensinou

Esse nego de calca rasgada camisa

Furada ele e meu professor

Olha o nego olha o nego sinha (bis)

Olha o nego olha o nego sinha (bis)

A canoa virou marineiro oi no fundo do mar tem segredo (bis)

A canoa virou marineiro oi no fundo do mar tem dinheiro (bis)

E preto e preto e preto oi calunga

Capoeira e preto oi calunga

E preto e preto e preto oi calunga

Berimbau e preto oi calunga

E preto e preto e preto oi calunga

O meu mestre e preto oi calunga

E preto e preto e preto oi calunga

Capoeira e preto oi calunga

E preto e preto e preto oi calunga

Eu tambem sou preto oi calunga

Xo xua cada macaco no seu galho

Xo xua eu nao me canso de falar

Xo xua o seu lugar e em recife

Xo xua vamos jogar notro lugar

Xo xua cada macaco no seu galho

Xo xua eu nao me canso de falar

Xo xua o seu lugar e na bahia

Xo xua vamos jogar notro lugar

Xo xua cada macaco no seu galho

Xo xua eu nao me canso de falar

Xo xua o seu lugar e la no Rio

Xo xua vamos jogar notro lugar

Xo xua cada macaco no seu galho

Xo xua eu nao me canso de falar

Xo xua o seu lugar e em Sao Paulo

Xo xua vamos jogar notro lugar

Quem vem la sou eu quem vem la sou eu

Berimbau bateu capoeira sou eu

Quem vem la sou eu quem vem la sou eu

Berimbau bateu capoeira sou eu

Avisa meu mano avisa meu mano

Avisa meu mano avisa meu mano camara

Avisa meu mano capoeira mando me chamar

Avisa meu mano avisa meu mano camara

Avisa meu mano capoeira mando me chamar

Oi adeus adeus

Boa viagem eu vou embora

Boa viagem mais adeus

Boa viagem eu vou agora

Boa viagem eu vou embora

Boa viagem eu vou com deus

Boa viagem e nossa senhora

Boa viagem eu vou agora

Boa viagem

7. IMBIRIMBA E PAU / VAMOS JOGAR CAPOEIRA

Lyrics

Madeira de macaranduba

Madeira de jacaranda

Madeira de macaranduba

Madeira de jacaranda

Imbirimba e pau e Madeira

Madeira pra tocar

Imbirimba e pau e Madeira

Madeira pra tocar

Vamos jogar capoeira vamos tocar berimbau

Foi o meu mestre quem disse se nio jogar limpo

Vai entrar no pau

Vamos jogar capoeira vamos tocar berimbau

Vamos jogar capoeira pode ser angola  e tanbem regional

Vamos jogar capoeira vamos tocar berimbau

Foi o meu mestre quem disse

Se nio jogar limpo vai entrar no pau

Vamos jogar capoeira tocar  atabaque e tambem berimbau

8. ENCONTREI SIRIA

Lyrics

Quando eu vim da bahia encontrei siria coracao matador (bis)

Sim quem vem la sim quem vem la

Sim quem vem la quem vem la sou eu cavaleiro sou eu

Quando eu vim da bahia encontrei siria coracao matador (bis)

Sim quem vem la sim quem vem la

Sim quem vem la quem vem la sou eu cavaleiro sou eu

10. SOU FILHO DE CAPOEIRA

Lyrics

Sou filho de capoeira capoeira tambem sou

Aprendi a capoeira com muita paz e amor

Na roda da capoeira nunca dei meu golpe em vao

Aprendi a capoeira com o meu mestre Barrao

Capoeira la la la au e (bis)

Capoeira la la la au e

Capoeira la la la au e e

Mestre Barrão “Axé Capoeira Vol.3”

1. A Amizade

Lyrics

Uma boa amizade

Se deve preservar

E não deixa pra lá

Como muita gente faz

Um bom amigo

É dificíl de encontrar

Quando encontra é coisa rara

Que não tenha duas caras que não te passe pra trás

É por isso que eu lhe digo

Camará toma cuidado

Com que diz ser teu amigo

Ántes de apertar a mão

Olhe dentro dos seus olhos

Porque la mora o perigo

Tive um aluno

Dizia ser meu amigo

Mal de mim ele falava

E me botava em precipício

A capoeira

A ele eu ensinei

Fiz de tudo me dediquei

E comigo se formou

Mas com moldade

Com maldade e falsidade

Foi com que ele me pagou

Olha moleque

Escuta o que eu te digo

Olha tu vou perdoar

Só não vai ser mais o meu amigo

Uma boa amizade se deve cultivar

Olha um bom amigo é dicícil encontrar

Uma boa amizade se deve cultivar (coro)

Uma amizade sinsera é dificíl encontrar

Coro

Olha um um bom amigo é difícil encontrar

Coro

2. GUERREIRO DO QUILOMBOS

Lyrics

Sou guerreiro do quilombos quilombola

lelele-o

Eu sou nego dos Bantos de Angola

Nego Nago

Fomos trasido pro Brasil minha familia separou,

minha mae ela foi vendida pra fazenda de um senhor,

o meu pai morreu no tronco no chicote do feitor,

meu irmao nao tem aurelha porque o feitor arrancou,

na mente trago tristes e no corpo dor,

mas olha um dia pro quilombo eu fugi,

com muita luta e muita garra mim tornei um guerreiro de Zumbi,

ao passar do tempo pra fazenda retornei,

soltei todos os escravos e a senzala eu queimei,

a liberdade nao tava escrito em papel,

nem foi dado por princessa cujo nome Isabel,

a liberdade foi feito com sangue e muita dor,

muitas lutas e batalias foi o que nos libertou,

Sou guerreiro do quilomo quilombola

lelele-o…………….

3. PRETO VELHO

Lyrics

Que som esse menino vem do lado de la (bis)

E um preto velho que vive no mundo a tocar (bis)

Ele toca inetrumento menino um instrumento legal

O nome desse instrumento menino se chama berimbau

E uma arame a cabaca  e um predaco de pau (bis)

Eu vi menino e menino vi dessa maneira (bis)

O velho tocava e os moleques jogavam capoeira (bis)

Vamos la menino e menino sei que fundamental (bis)

Os brasileiros jogar capoeira e tocar berimbau (bis)

Le Le Le Le Le Le Le Le Le Le Le Le a (bis)

4. Ganga Zumbi

Lyrics

Alguém me disse

Pareço Ganga Zumbi

Fui o rei la dos Palmares

Outros já me disseram

Que na outra encarnação

Eu era rico muito rico

Que eu tinha muitas fazendas

E grandes canaviais

Que eu fui um bom patrão

Só mulher eu tinha nove

Só mulher eu tinha nove com idade variadas

Mas agora o que é que eu tenho

nem sequer tenho casa pra morar

Nem dineiro pra gastar

Mas tenho

A graça divina

Que é a minha companeira

E essa grande amizade

Dentro do meu coração, camará

Iê viva meu Deus

Iê viva meu Deus, camará

6. Recife também tem capoeira

Lyrics

Ê moleque, escuta o que eu digo larga de besteira,

Fala pro teu mestre que Recife também tem capoeira (coro)

CORO

Recife também tem capoeira

Recife também tem tradição

Recife do Mestre Teté, Todo Duro, Casco e Barrão

Recife do Mestre Pirajá de Caranga, Duvale e Cançáo

Recife do Mestre Mulatinho, Curisco, Biliro e Galvão

CORO

Recife da Ginga do Corpo Negro

Da SOCAP e da Meia-lua Inteira

Recife do Chapéu de Couro

Do Quilombo e do Axé Capoeira

Recife tem muita capoeira

Recife é um oceano cultural

Recife tem muita cabaça

E biriba pra fazer berimbau

CORO

Se você for à Recife,

Não esqueça de jogar capoeira

Lá na praça de Boa Viagem,

Casa da Cultura e Parque da Jaqueira

e depois vá em Casa Amarela para conhecer o Axé Capoeira

CORO

Você já falou do Rio

de São Paulo, Bahia, Paraná

Pois agora eu falo de Recife

Recife tem muito que falar

Recife é terra da sarará

de caboclo de branco e nergo tu

Recife é terra de ferva

Capoeira, baião, maracatú

CORO

7. Capoeira e fundamento

Lyrics

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao

Meu mestre sempre me disse o barrao

Nunca sa deixe pra traz

Nem tudo que reluz e ouro nem tudo que balanca cai

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao

Vou cantar uma ladainha vou tocar meu berimbau

Vou jogar a capoira angola e regional

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao

Jucaturucu preto velho

Meu avo ensinou pere o meu pai

E meu pai ja me ensinou

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao

Vou dizer meu camarada vou dizer como e que e

Olha eu sou um capoeira olha eu sou do grupo axe

Capoeira e fundamento, capoeira e de pe no chao,

Capoeira e cultura capoeira e de coracao.

9. Arte é magia

Lyrics

Capoeira é luta é dança,

Capoeira é arte é magia

Eu jogo a capoeira

pois ela é minha alegria

Quando eu toco berimbau

minha alma se contagia

Pois viver sem capoeia

é uma grande agonia

Meu coração logo para

Meus olhos já não brilham

com a falta da capoeira

que é um vício de alegria

Capoeira é o meu jeito de ser

Capoeira é minha filosofia

Capoeira eu joguei ontem

Jogo hoje e jogo todo dia

Capoeira é luta é dança,

Capoeira é arte é magia (coro)

CORO

Capoeira dia e noite, colega velho

Capoeira noite e dia

CORO

Se não fosse a capoeira, colega velho

Eu aqui não estaria

CORO

Vou fazer da capoeira, colega velho

A minha filosofia

10.1. Voce Diz Que Sabe Tudo

Lyrics

Você diz que é muito bom

Você diz que é muito bom e se juga melhor que ninguém

Bom pra mim foi Pastinha, Traíra e seu Bimba também

Você diz que sabe tudo e não tem mais nada pra aprender

Quando você estava aprendendo

Eu já ensinava fazer

Meu mestre sempre me disse

para ter bom fundamento

Para manter a tradição

Para cantar ladainha

do fundo do coração

para manter o sorriso

e um aperto de mão

Pode ser pro inimigo

quanto mais pro seu irmão, camará

Iê viva meu mestre

Iê viva meu mestre, camará

10.2. Nao Fui Eu Seu Moco

Lyrics

Mas não fui eu seu moço

Que provoquei a confusão

Mas não fui eu seu moço

Que provoquei a confusão

CORO

Que provoquei a confusão

CORO

Olha a cabra era mais forte

E partiu pro agarrão

Eu sai foi no rolê

Soltei meia-lua ele caiu no chão

Mas não fui eu seu moço

Que provoquei a confusão

CORO

10.3. Onde Vai Cayma

Lyrics

Onde vai Caymã, Caymã, Caymã

Onde vai Caymã (coro)

Na enchente da maré

Onde vai Caymã (coro)

Vou jogar a capoeira

Onde vai Caymã (coro)

Na ribeira e la na Sé

Onde vai Caymã (coro)

Caymã, Caymã

11. CAPOEIRA POPORRI

Lyrics

Joga com o menino que ele e bom e bom de mais

Joga com o menino que ele tomba mais nao cai

Joga com o menino que ele e bom e bom de mais

Joga com o menino que ele joga mais nao cai

Vou mandar eu vou cajue

Vou mandar boia cajue o menina linda cajue

Venha me buscar cajue eu vou cajue boia

Mandar eu vou cajue mandar boia

O menina linda venha me buscar cajue

O ceu trovejou a terra tremeu pra vencer capoeira

So deus so deus

O ceu trovejou a terra tremeu pra vencer capoeira

So deus so deus

Sabia cantou la na laranjeira

Vamos pro morro menino

Por que la no morro hoje tem capoeira

Sabia cantou la na laranjeira

Vamos pro morro menino

Por que la no morro hoje tem capoeira

TinTinTin la vai viola

Siguro moleque tem corpo de mola

TinTinTin la vai viola

Viola meu bem viola

TinTinTin la vai viola

Essa preta e bonita essa preta de angola

TinTinTin la vai viola

Essa roda e gostosa essa roda demora

TinTinTin la vai viola

O la la O le le meu avo me chamava vem ca meu metinho aprender capoeira pre se

defender

O la la O le le meu avo me chamava vem ca meu metinho aprender capoeira pre se

Defender O la la O le le

Por favor nao maltrate esse nego

Esse nego foi quem me ensinou

Esse nego de calca rasgada camisa

Furada ele e meu professor

Por favor nao maltrate esse nego

Esse nego foi quem me ensinou

Esse nego de calca rasgada camisa

Furada ele e meu professor

Olha o nego olha o nego sinha (bis)

Olha o nego olha o nego sinha (bis)

A canoa virou marineiro oi no fundo do mar tem segredo (bis)

A canoa virou marineiro oi no fundo do mar tem dinheiro (bis)

E preto e preto e preto oi calunga

Capoeira e preto oi calunga

E preto e preto e preto oi calunga

Berimbau e preto oi calunga

E preto e preto e preto oi calunga

O meu mestre e preto oi calunga

E preto e preto e preto oi calunga

Capoeira e preto oi calunga

E preto e preto e preto oi calunga

Eu tambem sou preto oi calunga

Xo xua cada macaco no seu galho

Xo xua eu nao me canso de falar

Xo xua o seu lugar e em recife

Xo xua vamos jogar notro lugar

Xo xua cada macaco no seu galho

Xo xua eu nao me canso de falar

Xo xua o seu lugar e na bahia

Xo xua vamos jogar notro lugar

Xo xua cada macaco no seu galho

Xo xua eu nao me canso de falar

Xo xua o seu lugar e la no Rio

Xo xua vamos jogar notro lugar

Xo xua cada macaco no seu galho

Xo xua eu nao me canso de falar

Xo xua o seu lugar e em Sao Paulo

Xo xua vamos jogar notro lugar

Quem vem la sou eu quem vem la sou eu

Berimbau bateu capoeira sou eu

Quem vem la sou eu quem vem la sou eu

Berimbau bateu capoeira sou eu

Avisa meu mano avisa meu mano

Avisa meu mano avisa meu mano camara

Avisa meu mano capoeira mando me chamar

Avisa meu mano avisa meu mano camara

Avisa meu mano capoeira mando me chamar

Oi adeus adeus

Boa viagem eu vou embora

Boa viagem mais adeus

Boa viagem eu vou agora

Boa viagem eu vou embora

Boa viagem eu vou com deus

Boa viagem e nossa senhora

Boa viagem eu vou agora

Boa viagem

13. Grupo Axé Capoeira

Lyrics

Hoje tem roda no morro, ouvi o berimbau tocar

É o grupo Axé Caopeira que acaba de chegar

Coro (bis)

Olha o grupo Axé Capoeira canta ladainha e também faz canção

Quando joga é a mandinga no corpo, sorriso no rosto e um aperto de mão

CORO (bis)

Olha o grupo Axé Capoeira faz maculelê de facão e de pau

Na capoeira Martelo Cruzado, Armada, Queixada e dá Salto Mortal

CORO (bis)

Olha o grupo Axé Capoeira tem raiz e também tradição

Todos jogam capoeira com amor no coração

CORO (bis)

Olha o grupo Axé Capoeira joga Regional e também joga Angola

com Joares, Amarelo, Maurício, Gordo, Eduardo e também Nego Bola

CORO (bis)

Olha o grupo Axé Capoeira nasceu no Brasil foi pra muito lugar

Já foi na Itália, Alemanha, Suíça, Estados Unidos e também Canadá

CORO (bis)

Mestre Barrão “Axé Capoeira Vol.4”

1. Lembranças Dos Ancestrais

Lyrics

Ai que saudade do tempo de antigamente

quando os mestres se encontravam pra jogar capoeira.

Chapéu de palha, terno todo alinhado, seus sapatos engraxados

que elegancia meu irmão, jogo de angola se arrastando pelo chão

sem sujar as suas roupas esta era a tradição

e os berimbaus tocavam em harmonia as vezes

toque avisa va quando a policia vinha que

tempo bom tempo que não volta

mais hoje trago na memória todos nossos

ancestrais camará.

Iê viva meu Deus

Iê viva meu Deus Camará (coro)

2. Capoeira É Uma Arte

Lyrics

Capoeira é uma arte

que mexe com corpo e com a cabeça

faz o pobre virar nobre

faz com que seu mundo cresca (bis)

Rapaz fica malandro com a capoeira

menina entra na roda, fica bonita e faceira

mexe com peitoral endurece o solado

e abdominal fica todo desenhado

Capoeira é uma arte

que mexe com corpo e com a cabeça

faz o pobre virar nobre

faz com que seu mundo cresca (bis)

Dizem que é uma dança

para mim é uma luta

e o que vale nesta roda

é a mandinga e a disputa

Capoeira é uma arte

que mexe com corpo e com a cabeça

faz o pobre virar nobre

faz com que seu mundo cresca (bis)

Com a capoeira se aprende

cantiga, versos, canções

ganha e perde

e controla as emoções

Capoeira é uma arte

que mexe com corpo e com a cabeça

faz o pobre virar nobre

faz com que seu mundo cresca (bis)

3. A Bahia Ficou Triste

Lyrics

A Bahia ficou triste (bis)

quando a noticia correu

que Manoel dos Reis Machado,

Mestre Bimba, ele morreu

batuqueiro e capoeira

criadorda regional

a capoeira ficou triste

lamentou o berimbau

Mestre Bimba foi embora

mas deixou a Regional

bate pandeiro e toque o berimbau

na palma da mão o jogo é Regional

Bate pandeiro e toque berimbau (coro)

Toque berimbau toque berimbau

(Coro)

3B. Catarina Minha Preta

Lyrics

Catarina minha preta

ela la pra feira so pra me olhar

e eu pegava o berimbau

pra Catarina minha preta eu

ficava a cantar

agua no fogo sinha

Catarina (coro)

4. Grupo Axé Tem Dendê

Lyrics

Ponho um sorriso no rosto mandinga no corpo e

balanço no pé

sinto orgulho em ser capoeira eu sou

mangingueiro, sou do grupo axé

ponho um sorriso no rosto mandinga no corpo e

balanço no pé

sinto orgulho em ser capoeira eu sou

mangingueiro, sou do grupo axé (coro)

capoeira ela é arte e cultura e minha filosofia e meu

jeito de ser

tudo isso foi que eu aprendi hoje em dia menino

eu ensino a você

ponho um sorriso no rosto mandinga no corpo e

balanço no pé

sinto orgulho em ser capoeira eu sou

mangingueiro, sou do grupo axé

(Coro)

O grupo Axé é bamba de Capoeira

tem luta e brincadeira

vem aqui pra você ver

o grupo axé, ele tem dendê

vem aqui pra você ver (coro)

O facão bateu em baixo derrubando a bananeira

Turma de bamba e o Axé Capoeira

O facão bateu em baixo derrubando a bananeira

Turma de bamba e o Axé Capoeira

Olha ai, turma de bamba,

E o Axé Capoeira (Coro)

5. Capoeira Pula Moita

Lyrics

Capoeira que pula moita

sem saber pra onde e que vai

para me e um filho perdido

andando sem destino a procura de um pai

esquecendo suas raizes

e até que lhe ensinou

pulando de grupo em grupo querendo ser professor

olha aqui meu camarada

agradeça a seumestre e a capoeira

que tu aprendeu

olha assim quis o velho ditado

nunca cuspa no prato que vocé comeu.

Vai, vai, vai, vem, vem, vem

Capoeira que pula moita

ele nunca vai ser ninguém

Vai, vai, vai, vem, vem, vem (coro)

6. Luta E Brincadeira

Lyrics

Bem-te-vi vuô, vuô

bem-te-vi vuô, vuô, deixa voar

La lauê lauê lauê lauá (coro)

La lauê lauê lauê lauá…

(coro)

que som que arte e essa

de luta brincadeira

que roda maravilhosa e essa

é o Axé capoeira

em cada som

em cada toque

em cada ginga

tem um estilo de jogo (bis)

la lauê…

(coro)

7. Muita Gente Ouviu Falar

Lyrics

Foi na Bahia Recife Rio de Janeiro

Te ver cabra mandingueiro e muita gente ouviu falar.

Nascimento Grande Manduca da praia

e Besouro Mangangá,

esses sim eram valentes e muita gente ouviu falar

de Nascimento Grande e Manduca da praia

e Besouro Mangangá (coro)

esses sim eram valentes

e muita gente ouviu falar (coro)

Manduca da Praia no Rio de Janeiro

esse era malvado valente e disordeiro

e na Bahia muita gente ouviu falar

do lendário mandingueiro Besouro Mangangá

la em Recife muita gente vinha ver

Nascimento quando brigava Fazia Recife tremer

De Nascimento e Manduca da Praia

e Besouro Mangangá (coro)

esses sim eram valentes

e muita gente ouviu falar (coro)

de Nascimento Grande e Manduca da praia

e Besouro Mangangá (coro)

8. Moleque Saci

Lyrics

Fui na mata cortar lenha (bis)

que a vovó mandou pegar

ao chegar entrada da mata

vi um moleque a me olhar

de touca vermelha na cabeça

cachimbo na boca ele estava a pular

fiquei ãdmirado cheguel mais perto pra ver

foi ai que eu lembrei da história

sobre o lendário Saci Pererê

história que contava Benedita minha avó

sobre o Saci Pererê que pulava de uma perna só

se não acredita venha cá venha ver

e o moleque Saci Pererê

9. No Tempo Do Cativeiro

Lyrics

No tempo do cativeiro quando negro sofria

trabalhava dia e noite enquanto a chibata batia

mas com o passar do tempo tudo se transformou

da ânsia de liberdade uma luta ele criou

ao som dos tambores

em forma de dança e de brincadeira

nasceu uma arma perigosa  cujo nome é capoeira

quando o negro fugia capitão do mato la procurar

com cabecada e rasteira não conseguia pegar

hoje em dia a capoeira ela é arte e cultura popular

que nasceu foi de um povo que criou pra se libertar

capoeira é artimanha capoeira é cultura popular

capoeira é artimanha capoeira é cultura popular (coro)

que nasceu foi de um povo que criou pra se libertar

capoeira é artimanha capoeira é cultura popular (coro)

10. Vem Maria

Lyrics

Foi lá na beira do cais foi no tempo de outrora

quando Maria chorava

enquanto eu jogava capoeira de angola

mas o tempo se passou isso so me padeceu

agora Maria sorri e hoje quem vive chorando sou eu

mas tenho meu berimbau a capoeira e a canção

agora so me faita Maria pra vir aquecer meu pobre coração

vem Maria vem me ver

vem Maria ai que saudade de vocé

vem Maria  vem me ver vem (coro)

11. Saudade do Nordeste

Lyrics

Sou nordestino e sinto orgulho de falar

da Bahia Pernambuco e Ceara

Pernambuco e terra do meu coracao

Terra de Nascimento Grande o rei do cangacu e lampiao

em Recife tem carnaval noite inteira (bis)

frevo ciranda coco de roda maracatu e capoeira (bis)

ainda me lembro do meu tempo de crianca

jogava na praia jogava no morro descia a ladeira

eu passava noite e dia nas rodas de capoeira (bis)

pro meu nordeste um dia quero voltar

hoje eu vivo muito longe

morando no Canada

mas eu tenho a esperanca

pro meu nordeste eu voltar (bis)

Le-le-le-le….a

Mestre Barrão “Axé Capoeira Vol.5”

1. Esperanca de ser livre

Lyrics

negro escravo

foi pego fugindo da senzala

correndo nos canavias

capiturado pelo feitor

que tronco o amarrou

e guerreiro valente gritava

de repente uma voz ecuava

mataro o rei zumbi

assim a noticia chegou

e o guerreiro

que nunca chorava

nesse dia ele chorou

valente guerreiro e forte

nao acreditava na sorte

nao tinha medo da morte

quando o fato aconteceu

uma noticia que veio longe

dizendo que o rei zumbi morreu

e o guerreiro amarrado no tronco

a deus pedia protecao

olhando pra cima lamentou

ainda chorando falou

mataro o rei zumbi

a esperanca de ser livre acabou

e o valente guerreiro chorou

oi chorou chorou

(coro)

e o valente guerreiro chorou

oi chorou de dor

(coro)

e o valente guerreiro chorou

oi chorou chorou

(coro)

e o valente guerreiro chorou

oi chorou chorou

2. Eu vim de angola.

Lyrics

Eu vim de angola e…

eu vim de angola a…

mestre eu venho de longe

da minha terra natal

na mala trouxe saudade

e na mao meu berimbau

sou um simples capoeira

nao sei onde vou parar

ao mestre eu peco licenca

pra nessa roda eu jogar

quem me ensinou

foi um negro escravo

que fugio pra nao morrer

trabalhava noite e dia

pra o seu senhor enriquecer

as vezes bate a saudade

do meu povo em angola

so o jogo da capoeira

e o berimbau que me consola

sou jogador de capoeira

sou poeta cantador

na mente eu trago lembrancas

e saudade do meu amor

3. So vale quem tem.

Lyrics

No tempo que eu tinha dinheiro

Iaia me chamava de amor

agora o dinheiro acabou

Iaia foi embora e me deixou (bis)

Meu mestre sempre me disse

na vida so vale quem tem

fos agora eu não tenho dinheiro

ando na vida sozinho e sem ninguem

os amigos que eu tinha foi embora

a mulher que eu amava me deixou

pois agora eu so tenho capoiera

que nunca me abandonou

e tenho o meu berimbau

com ele eu faço canção

quando eu estou sozinho

o triste na solidão

No tempo que eu tinha dinheiro

Iaia me chamava de amor

agora o dinheiro acabou

Iaia foi embora e me deixou (bis)

4. Saudade que faz chorar.

Lyrics

Saudade saudade saudade e…

Saudade que faz chorar

Saudade de mestre Bimba

seu Pashtinha e Valdemar

saudade de canjiquinha

e do besouro manganga

mestre Bimba ele partio

para nunca mais voltar

mas deixou os fundamentos

de capoeira regional

Saudade saudade saudade e…

Saudade que faz chorar

saudade dos grandes mestres

da capoeira de angola

saudade de Ganga Zumba

e zumbi dos quilombos quilobola

minha mainha foi embora

foi pro ceu com deus morar

a saudade me devora

saudade me faz chorar

um dia no infinito minha

nos vamos nos encontrar

Saudade saudade saudade e…

Saudade que faz chorar

a saudade semre doe

seja saudade qual for

saudade da capoeira

de alguem que tu amou

saudade de quem tu ama

e da preta que te deixou

5. Deixa de besteira.

Lyrics

O menina ainda eu me lembro

tu era contente quando eu te conheci

hoje em dia so vive arretada

de cara fechada empinando o nariz

reclamando falando besteira

mais da capoeira eu nao vou desistir

capoeira ela e tudo que eu tenho

foi na capoeira que eu te conheci

o menina chega bem pertinho

escuta direito o que eu vou te dizer

sem a capoeira tu sbe eu nao vivo

se tu for embora eu consigo viver

eu nao quero que tu va embora

mas se for prometo nao chorar

vou embora vou la pra ribeira

jogar capoeira ate o sol ralar

nao va embora menina deixa de besteira

eu gosto de voce

mais adoro a capoeira

(coro)

nao va embora meninadeixa de besteira

(coro)

vem comigo pra recife

vamos joga capoeira

(coro)

nao va embora meninadeixa de besteira

6. Me leva no som.

Lyrics

Me leva me leva

me leva no som

no som do berimbau me leva(bis)

quado meu berimbau toca

lembro dos meus ancestrais

trabalhando e apanhando

dentro dos canavias

(coro)

Me leva me leva

me leva no som

no som do berimbau me leva

o negro no cativeiro

da terra mae foi embora

lutando sem paradeiro

como luta ate agora

(coro)

Me leva me leva

me leva no som

no som do berimbau me leva

quando eu vou a bahia

nao me falha a memoria

lembrando dos grades mestres

que ficarao na historia

(coro)

Me leva me leva

me leva no som

no som do berimbau me leva

oi me leva pra recife

que eu tambem quero jogar

la na casa da cultura

e na ilha de itamaraca

(coro)

Me leva me leva

me leva no som

no som do berimbau me leva

minha vida e um livro aberto

com historia pra contar

pra chegar onde eu cheguei

eu tive muito que ralar

(coro)

Me leva me leva

me leva no som

no som do berimbau me leva

obedeco o berimbau

Lyrics

sou capoeira

se brincar o bicho pega

so que nem beriba boa

que se enverga e nao se quebra

nao sou angola

nem tambem regional

obedeco o berimbau

o jogo e tradicao

se mandar descer

(coro)

eu deco

se mandar subir

(coro)

eu subo se mandar pular

(coro)

eu pulo

e se vacilar o binha pega

e se vacilar

(coro)

o bicho pega

7. Luta de mandingueira.

Lyrics

Capoeira e luta de mandingueira

e luta de nego nado

angola quem jogou seu pastinha

regional mestre bimba criou

pega o pandeiro o atabaque ea viola

vai correndo e nao demora

que a roda vai comecar

jogo bonito e no toque da viola

la vai ter jogo de angola e tambem regional

(coro)

Capoeira e luta de mandingueira

e luta de nego nado

angola quem jogou seu pastinha

regional mestre bimba criou

esse negocio de diser que a capoeira

e somente brincadeira

isso tudo e iluzao

a capoeira ela e luta brasileira

que nasceu foi dos escravos

no tempo da escravidao

(coro)

Capoeira e luta de mandingueira

e luta de nego nado

angola quem jogou seu pastinha

regional mestre bimba criou

berimbau toca e o meu corpo se arrepia

eu jogo com alegria

muita garra e emocao

a capoeira ela e arte e poesia

se achar que nao e luta

vem pra roda meu irmao

(coro)

Capoeira e luta de mandingueira

e luta de nego nado

angola quem jogou seu pastinha

regional mestre bimba criou

8. Lampiao subia a serra

Lyrics

Lampiao

(coro)

subia serra desia a ladeira

maria bonita cantava mulher rendeira

lampiao ele foi pego foi morto a traicao

nao se entregava a policia

coronel nem capitao

lampiao

(coro)

maria bonita era mulher macho sim senhor

ao lampiao seu coracao lhe entregou

lampiao

(coro)

virgulino ferreira

o cangacero lampiao

seu nome ficou marcado

na historia do sertao

lampiao

(coro)

junto com corisco

ventania azulao e pontaria

ze sereno moita brava

dada bem-tivi e jararaca

lampiao

9. Juna mandingueira

Lyrics

pulava de um lado

pulava de outro

e nada de pegar

cacador dava tiro

mas so que a juna

conseguio voar (bis)

have misteriosa

dificil capiturar

ela vigia as matas

e sabe anuciar

quando percebe o perigo

comeca a mandingar

cacador fic arretado

porque atirou e nada de pegar

(coro)

me desculpe cacador

escute o que eu vou falar

a juna e ligeira nao e facil de pegar

ela e como um capoeira

preparado pra jogar

voce chuta e da rasteira

e nao cosegui derrubar

(coro)

a juna e mandingueira

quando esta no bebdor

cacador correu deu tiro

mas so que a juna voou

cacador olhou pra cima

comencou a tirar

a juna que e ligeira desapareceu no ar

(coro)

10. Capoeira tem historia

Lyrics

(coro)

capoeira tem histiria capoeira tem tradicao

capoeira deixou a marca

do povo africano na nacao

ela foi praticada nos quilombos

ela foi perseguida nas senzala

capoeira e forca e foz

do pova que luta e nao se cala

(coro)

zumbi um valente guerreiro

no grito derradeiro a messagem deixou

capoeira e luta conciencia

ela e a esencia do povo lutador

(coro)

rio recife bahia falo com alegria

onde tudo comecou

capoeira luta brasileira

passou fronteira no mundo se espalhou

11. Meu mestre bamba.

Lyrics

meu mestre bamba

ele e bamba e bamba de capoeira (bis)

esse cabra e danado

ele e madingueiro

tem o corpo fechado na roda e ligeiro

vai no berimbau faz uma oracao

pede os orixas sua protecao

(coro)

soltou uma armada desceu na rasteira

subiu no role plantou bananeira

mei lua quexada martelo esporao

meu mestre e danado mas tem bom coracao

(coro)

ele e nordestino e cabra da peste saiu do

nordeste pro mundo girar

ja rodou o mundo inteiro

hoje em dia ensina no canada

12. Segura o coco.

Lyrics

Le lele…lelele le lele…lala ia

Le lele…le lele le le le …laia laia.. (bis)

deixei amigo deixei mae eu deixei tia

eu larguei toda familia

no nordeste e vim pra car

hoje eu vivo nesse mudo de estrangeiro

sou um simples brasileiro

morando no canada

sou nordestino

olha eu sou cabra da peste

sinto falta do nordeste

e um dia quero voltar

pra pernambuco terra do meu coracao

tera de padrinho cico

e o cangacero lampiao

terra de frevo ciranda coco embolada

escuta aqui meu camarada

o que eu vou te falar

essa danca do coco e gostoso de dancar

segura o coco camara segura o coco

segura o coco nao deixa coco quebrar

(bis)

danca o coco joao

danca zemfinha

nao importa se e de tarde

se e de noite se e de dia

essa danca do coco

eu nunca vi coisa mas bela

esse coco vem de longe

vem la de casa amarela

segura o coco camara segura o coco

segura o coco nao deixa coco quebrar

(bis)

Le lele…lelele le lele…lala ia

Le lele…le lele le le le …laia laia.. (bis)

13. Samba acula

Lyrics

oi samba ai minha preta samba acula

samba ai samba acula (coro)

samba duro nao e devagar

samba ai samba acula

samba duro nao e devagar

(samba bonito)

disserao que o samba e duro minha preta vem

amolecer (bis)

vem sambamdo mechendo as cadeira

samba bonito que eu quero ver

vem sambamdo mechendo as cadeira

(coro)

samba bonito que eu quero ver

(samba do kuale)

samba do kuale kuale kuale baba

(coro)

samba do kuale kuale kuale baba

samba do kuale ba ba

samba do kuale ba ba

BONUS TRACKS

Meu berimbau tem cordão de ouro

Lyrics

Meu berimbau tem cordão de ouro

E o meu atabaque

É de couro de boi (coro)

E o meu atabaque

Coro

Oi tá, tá, tá

Quem não pode com mandinga não carrega patuá Oi tá, tá, tá (coro)

Menino eu vim de longe, vim aqui te visitar Oi tá, tá, tá

Vou pegar meu atabaque, meu pandeiro e berimbau Oi tá, tá, tá

Capoeira é minha vida, ela nunca vou parar Oi tá, tá, tá

Ê Dalila

Ilê, Ilê, Dalila ô

Ê Dalila

Ilê, Ilê, Dalila ô (coro)

Capoeria mandou lhe dizer

Também capoeira mandou lhe chamar (bis)

Quero falar com Dalila, Dalila, Dalilá (bis)

Dalila, Dalila

Ê Dalila

Ilê, Ilê, Dalila ô (coro)

O aleio chora seu dono (coro)

Seu dono, chora seu dono (coro)

menino quem foi teu mestre (coro)

meu mestre foi Barroquinha (coro)

que cabelo ele não tinha (coro)

que andava com os pés pra cima (coro)

e com a cabeça no chão (coro)

mas sou diciplo que aprendo (coro)

e mestre que dou lição

Vamos embora ê ê

Vamos embora, camará (Coro)

Pro mundo afora ê ê

Pro mundo afora, camara (Coro)

Já tá na hora ê ê

Já tá na hora, camará (Coro)

/——-/

Era domingo

lá no alto da ribeira

Na roda de capoeira

Quando eu vi o nego jogar

Deu Meia-Lua, deu Macaco, deu Rasteira

Ele plantou Bananeira

E ainda deu Salto Mortal

Você diz que dá no nego

No nego você não dá

Joga o nego para cima

Deixa o nego vadiar

Dá, dá, dá no nego (coro)

No nego você não dá CORO

Mas se não der vai apanhar CORO

Joga o nego para cima

Deixa o nego vadiar CORO

/———-/

Lampião e o capoeira (bis)

Se encontraram na coatinga

Lampião puxou pexeira

Capoeira abriu na ginga

Lampião puxou de novo

Dessa vez quase acertou

Mas o bravo Capoeira

Se fez de morto rolou pelo chão

Lampião se levantou

ainda morto de medo

Perguntou quem era o cabro???

Ele disse: eu sou Besouro Prato

Essa história meu colega

Corre a coatinga inteira

Lampião foi derrubado por Besouro Capoeira

Lampião foi derrubado por Besouro Capoeira,

camará

Iê, viva Besouro

Iê, viva Besouro, camará

Solta a mandinga menino

Desce pro chão ô se enrola (coro)

Solta a mandinga menino

Esse jogo é bonito, é de Angola

CORO

/—————–/

Meu berimbau, meu berimbau ê (coro)

Berimbau do mestre Valdemar

Mestre Canjinquinha e do mestre Aberrê

Veja só que berimbau manero, foi um presente

que eu fiz pra você

Meu berimbau, meu berimbau ê (coro)

Quando eu pegomeu berimbau

Toco Iúna e Cavalaria,

Sao Bento Grande, Sao Bento Pequeno,

Angola, Benguela e Santa Maria

Meu berimbau, meu berimbau ê (coro)

Menoni pega o berimbau, toca bonito

que o mestre quer ver

Ver tocar pro mestre Pirijá, mestre Duvali,

mestre Zabelê

Meu berimbau, meu berimbau ê (coro)

Mas o tempo vai, mas o tempo vem

Esse Gunga é meu foi meu mestre que deu e eu não

dou pra ninguém

Meu berimbau, meu berimbau ê (coro)

/————/

Arêrê, Arêrê, Arêrê, Arêrê, Arêrê, Arêrê, ô (coro)

La vem o nego, descendo a ladeira

Tocando berimbau e jogando capoeira

Coro

Nossa senhora de Conceição

Me livra do perigo e me dá minha proteção

Coro

Essa noite eu tava triste na solidão

Derrepente berimbau tocou, no Morro da Conceição

Coro

/————–/

Certa vez eu caminhava

senti um aperto no coração

Vi um menino chorando

com seu berimbau na mão

Perguntei pra o menino

O que foi que aconteceu

O menino ainda chorando

Disse meu mestre morreu

Eu sentei com o menino

e comecei a lhe explicar

que seu mestre ele partiu

foi pro céu com Deus morar

Foi pra perto de seu Bimba, Pastinha e Besouro Mangangá

Foi pra junto de Traíra, Canjiquinha e o mestre Valdemar

Onde tu tiver jogando,

teu mestre vai estar la

para guiar os teus caminhos

junto com pai Oxalá

Ô menino tu não chora (bis)

teu mestre não vai gostar

porque tu és a semente

que um dia vai brotar

O menino levantou

Com um gesto sorridente

Isso sim me comoveu

Porque vi que o menino

Naquele momento entendeu

Não chora menino, não fica à chorar,

não chora menino,

que o teu mestre foi pro céu com Deus morar

Não chora menino, não fica à chorar (coro)

Não chora menino,

que o teu mestre foi pro céu com Deus morar

CORO

Não chora menino

Foi pra perto de Bimba e Valdemar

/————/

Sou capoeira, fui menino da rua,

pois é seu moço, hoje a vida continuua (bis)

Quando eu era criança

Eu era discriminado

Muita gente me dizia

Pra deixar a capoeira de lado

Diziam que capoeira

Era coisa pra maloqueiro

Que eu tinha que ir pra escola

Estudar pra ganhar muito dinheiro

Que eu tinha que ir pra escola

Estudar e ser formado

Para ter uma profissão

Ser doutor, engenheiro, advogado

Mas olha moço, pra mim isso era besteira

Porque o que eu queria mesmo

Era aprender a arte da capoeira

Mas o tempo foi passando

Tudo só ficou pra trás

Hoje eu viajo o mundo inteiro

Mal de mim não falam mais

Não falam mal da capoeira

Não falam mal de ninguém

Porque hoje eles já sabem

O valor que a capoeira tem

Eu sou…

CORO

/———–/

Você bebeu jurema

Você se embreagou

Com a flor do mesmo pau

Vosmicê se alevantou

Coro

Corre pro mato que a batalha começou

É a guerra dos Palmares, lutar meu senhor

Coro

(3x)

Pega pau, pega facão

Pula ai que eu quero ver

é os filhos de Zumbi lutando Maculelê

Coro

(3x)

Maculelê jurou vingança

e disse que a dança que ele é mortal

Maculelê hoje é dança

mas já foi luta do canavial

o lê lê maculelê

olha vamos vadiar (coro)

o lê lê maculelê

la no canavial (coro)

Coro

Ê Ogum ê

Tanta que o malendê

Ê Ogum ê

Tanta que o malendê

Ê Ogum ê

Tanta que o malendê (coro)

Ogum ê

Coro

Amor

Lyrics

Amor e’ meu amor
Amor e’ meu amor…

Você chegou e todo virou
Minha alma e todo o corpo arrepio
E na dança do amor vou-te expressar
Que você e’ minha vida e nunca vou te deixar …
Oi meu amor

Agora eu estou aqui
Só pensando em você
Quem ilumina esse caminho
Onde eu quero caminha
A ginga já me leva
Como as ondas levam o mar
E o peito já palpita eu quero-me apaixonar… o amor

-Translated-
Love, it is my love,
Love, it is my love,

You arrived, and everything turn
My soul and my body got the shivers
And in the dance of love, ill express manifest
Tha you are my life, and ill never live you
oh my love

Now i’m here
Thinking only in you
Who lighs the way
Where i want to walk
and “Ginga” takes me
Like the waves take the sea
And my chest beats i want to fall in love
oh my love

Foi no clarão da lu

Lyrics

Foi…..
Foi no clarão da lua,
que eu vi acontecer.
Num vale tudo com jiu-jitsu,
o capoeira vencer., mas foi.
Foi…..
Foi no clarão da lua,
que eu vi acontecer.
Num vale tudo com jiu-jitsu,
o capoeira vencer.
Deu armada, e deu rasteira,
meia lua e a ponteira,
logo no primeiro round,
venceu o capoeira,
em baixo do ring,
mestre mintirinha vibrava,
tocando seu berimbal,
enquanto a muzenza vibrava. Foi…..
Foi no clarão da lua,
que eu vi acontecer.
Num vale tudo com jiu-jitsu,
o capoeira vencer.
Foi…..
Foi no clarão da lua,
que eu vi acontecer.

Num vale tudo com jiu-jitsu,

Hoje a saudade apertou no meu peito..

Hoje a saudade apertou no meu peito…
Quando meu berimbau se quebrou oh oh…
Avizando que a capoeira entristeceu…
Que o Saodozo Mestre foi embora…
Mestre Leopoldina morreu…

Hoje as terras de aruanda esta em festa…
Com a chegada do grande poeta,e cantador…
Que aqui na terra deixou muita saudade…
Com geito de jogar e a malandragem…
No mundo que o Mestre se consagrou…
Com seu chapeu de aba,e terno branco…
Malandro,elegante que ao povo encantou…
Foi muleque,pobre sem dinheiro…
Ja vendeu limao, ja foi baleiro…
Mais na capoeira foi Doutor…
Do Rio de Janeiro pro mundo ele levou…
Sua graca,malicia e grande valor…
Mas seu destino na terra ele cumpriu…
Chegou a hora ele partiu…
Pra perto de Deus nosso Senhor…